PO APMC

Programa Operacional de Apoio às Pessoas mais Carenciadas

O Centro Paroquial de Arrentela (CPBESA) acolhe desde novembro de 2017 ao abrigo do Programa Operacional de Apoio às Pessoas Mais Carenciadas (PO APMC) financiado e protocolado com a segurança social, 209 beneficiários de apoio alimentar o que corresponde a 77 agregados familiares.

Dos 77 agregados familiares apoiados, 12, beneficiam de apoio domiciliário no que respeita à entrega dos produtos alimentares em casa, uma vez que são pessoas idosas, em situação de carência económica e com mobilidade reduzida ou até mesmo em situação de acamado, ou doença prolongada.

As ações de acompanhamento têm como objetivo: Capacitar os destinatários com conhecimentos acerca das técnicas de segurança alimentar, nutrição e elaboração de ementas económicas e detergentes manuais.

As ações são dinamizadas pela parceria, nomeadamente: Centro de Saúde; Centro Comunitário e CARITAS de Arrentela.

São sessões de duração curta e dinâmicas, e são realizadas numa sala da instituição e destinadas ao beneficiários que se podem deslocar.

Na situação das pessoas idosas que se encontram em casa, as parcerias e principalmente as ajudantes familiares do CPBESA deslocam-se a casa das pessoas e dinamizam as sessões lá, capacitando as mesmas de igual modo às que conseguem deslocar-se ao espaço onde normalmente são feitas.

O apoio domiciliário, é igualmente assegurado pela instituição e também por voluntários.