Sobre Nós

O CPBESA surgiu com o objetivo de dar resposta a diversas necessidades sociais, inicialmente na área da infância, hoje em dia em diversas áreas da intervenção comunitária.

Somos uma Instituição Particular de Solidariedade Social nas áreas da Infância e do Social, de origem canónica, intrinsecamente ligada à Paróquia de Arrentela, Diocese de Setúbal.

As nossas áreas de intervenção têm foco no apoio à infância e às famílias que se encontram em situações de fragilidade económica.

Evolução

Creche e Jardim de Infância “O Pica-Pau”

17 de fevereiro de 1975

Funcionou durante 6 anos numa habitação centenária, situada na Quinta do Álamo. Respostas existentes: Creche e Pré-Escolar

C.A.T.L. na Torre da Marinha

1 de setembro de 1979

Iniciou o funcionamento do C.A.T.L., um Centro de Atividades de Tempos Livres, na Torre da Marinha.

Novas Instalações

1 de setembro de 1980

O J.I. Pica-Pau passou a funcionar nas novas instalações construídas pelos Serviços Estatais na Quinta do Álamo, onde se encontra atualmente e que se considera a sede.

Parque Aberto

1 de setembro de 1985

Nas instalações do Centro Paroquial de Fernão Ferro nasce o “Parque Aberto”, com actividades de apoio domiciliário a idosos e trabalho comunitário de promoção e desenvolvimento da população. Em 1989, o “Parque Aberto” passou a funcionar autonomamente.

Creche Familiar e C.A.T.L. no Seixal

1 de setembro de 1991

Início da resposta Creche Familiar, hoje a funcionar com 12 amas, e uma educadora coordenadora deste serviço, que diariamente visita as amas promovendo também actividades pedagógicas com as crianças.

Resposta de A.T.L. na sede

1 de setembro de 1993

Com a ampliação da resposta de A.T.L. na escola de 1º Ciclo nº2 do Seixal em 1990, que funcionou durante 2 anos, em 1993 foi construída uma sala para o 2º grupo de C.A.T.L. passando a existir um grupo na Torre da Marinha e outro nas nossas instalações.

Novas Instalações da Creche

1 de setembro de 1998

Construção de um edifício exclusivo para a Creche na nossa sede após, em 1997, ter sido alugada uma vivenda nas Farinheiras para podermos funcionar com a valência de creche, uma vez que as nossas instalações se estavam a tornar insuficientes para comportar as respostas de creche e jardim de infância.

Centro Comunitário “Várias Culturas uma só Vida”

23 de agosto de 1999

Este projeto foi desenvolvido visando o combate à exclusão social e pobreza, com apoio do Fundo Social Europeu (sub-Programa Integrar) e Estado Português; este “projecto” surge no resultado duma parceria, que se constituiu, no âmbito do P.A.S. (Programa Arrentela Saúde e Bem Estar) e culmina ao fim de 3 anos de Projecto, na Constituição da valência de Centro Comunitário em Abril

Protocolo de RSI (Rendimento Social de Inserção)

10 de outubro de 2007

Acompanhamento às famílias beneficiárias da medida de Rendimento Social de Inserção, residentes na União de Freguesias da Freguesias Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio-Pires, com o objectivo de capacitar os beneficiários de competências para a sua inserção económica, social e profissional na comunidade. Actualmente são acompanhadas cerca de 500 Famílias.

Contrato Local de Desenvolvimento Social “VID@EMPREGO”

22 de agosto de 2008

Este projecto estabelecido em parceria com o Instituto de Segurança Social e a Câmara Municipal do Seixal, tem como objetivo contribuir para a Inclusão socioprofissional da população da Quinta do Cabral e Boa-Hora, capacitando os indivíduos do ponto de vista individual e social para o pleno exercício da sua cidadania. Esta resposta tornou-se no balcão do emprego, atualmente a funcionar no Centro Comunitário de Arrentela.

CAF / AAAF Na Escola Nun’Álvares

1 de outubro de 2014

Centro de Actividades de Tempos Livres, localizado no Centro Comunitário, dá resposta a 35 crianças da Escola Básica e Pré escolar do Agrupamento de Escolas Nun’Álvares.

GIP (Gabinete de Inserção Profissional)

7 de julho de 2015

Espaço destinado a todas as questões relacionadas com a empregabilidade, qualificação/ Formação profissional em parceria com o IEFP.

PO APMC (Programa Operacional de Apoio às Pessoas mais Carenciadas)

18 de setembro de 2017

Em Parceria com a Segurança Social, com a Cáritas e com a ADTM acompanhamos 200 Beneficiários distribuindo Cabazes alimentares mensais.

Padaria Social “Pão na Tua Mão”

19 de março de 2019

Em parceria com a Missão Continente e com a ADTM (Associação Dá-me a Tua Mão),  implementámos uma Padaria Social para fabrico interno de pão, para apoio á volta dos sem abrigo realizada pela associação e para a Inserção profissional de pessoas sem abrigo.

Organograma Institucional

Organograma CPBESA